Com as festas de fim de ano, o volume de lixo produzido pelas famílias tem um crescimento natural. Estimativas apontam que a alta chega a 30% mais, mas pode variar conforme a data. No Natal, por exemplo, sobe a quantidade de lixo seco, aquele que normalmente pode e deve ser reciclado, como as embalagens de presentes, mas também há alta do lixo orgânico.

Durante as festas de fim de ano em São Manuel, a Prefeitura mantém a coleta domiciliar dentro das escalas normalmente, exceto nos feriados de Natal e Ano Novo. O prefeito José Luiz Rubin destaca que o aterro sanitário de São Manuel está praticamente esgotado. “Faço um apelo à população que colabore com a coleta seletiva separando o lixo seco do lixo orgânico, pois dentro de alguns meses nosso aterro não suportará mais o volume de resíduos sólidos que a cidade gera”, alerta.

Também se deve evitar deixar o lixo muito tempo para coleta. O lixo orgânico pode atrair vetores, como insetos e ratos, que podem espalhar doenças. No caso do lixo seco, a umidade pode inutilizar o material reciclável como o papelão, por exemplo. A recomendação é que o lixo seja depositado para coleta pouco antes da passagem do caminhão.

Últimas Notícias : Pages : FM Integração